fbpx

Carrinho

Dormir melhor

10 razões de dor nas costas

Por 17 de julho de 2020outubro 1st, 2020Comentários

Ninguém merece uma dor nas costas, porém às vezes ela aparece e traz aquele incômodo que pode acabar com o seu dia. Entretanto, se você souber as causas das tais dores, evitá-las — entre uma delas, está dormir mal. Se você está com algum incômodo no corpo, será que você tem dormido bem mesmo?

Para você ter uma ideia, só no Brasil, as dores nas costas lideram os motivos de afastamentos no trabalho, segundo uma pesquisa do IG Saúde, feita a partir de dados do INSS. Por isso, se você estiver com esse problema, saiba que ele pode tirar mesmo a sua vida, dos eixos.

Descubra neste post, 10 razões de dor nas costas, para você conhecer e se prevenir desse contratempo!

1. Dor nas costas por lesão muscular

A lesão muscular é um problema que pode ser tanto agudo quanto crônico, e causado por diversos motivos. Dentre eles, a má postura ou mesmo atividades físicas realizadas em excesso, ou então feitas em posição errada.

Ainda, outro agravante que causa a lesão do músculo, e que provoca dor nas costas, está relacionado ao próprio trabalho. Por exemplo, dentistas, cabeleireiros e enfermeiros, que têm que se arcar, seja de pé ou sentado, para desempenhar suas funções, acabam lesionando o músculo a longo prazo.

2. Doenças respiratórias

Doenças que atingem os pulmões, como a gripe e a pneumonia, também estão relacionadas a dor nas costas. Claro, para que o motivo seja mesmo confirmado, deve-se ir a um médico checar se os sintomas das dores acompanham quadros típicos destes tipos de problemas, ou se a causa é outra.

De maneira geral, se a dor nas costas é acompanhada de tosses, febres e dor pelo corpo, além das costas, pode ser que seja uma gripe ou pneumonia.

3. Pedras nos rins

O cálculo renal, popularmente conhecido como pedras nos rins, também gera dores pelas costas e, sobretudo, com muita intensidade. Esse tipo de dor surge de repente e é motivado pelo contratempo que acumula pedras de cálcio nos rins, lesionando esses e outros órgãos.

Um indicativo que pode auxiliar no diagnóstico do problema é quando a dor é tamanha que a pessoa não consegue nem andar. Esse é um problema que precisa de intervenção médica urgente, já que traz riscos mais graves à saúde, muito além da dor nas costas.

4. Má postura

A má postura para qualquer atividade é sempre um motivo para causar esse contratempo que muitas vezes lhe impede ter um dia a dia normal. Se você trabalha em um escritório, por exemplo, saiba que ficar sentado por muito tempo causa dor nas costas.

Além disso, o próprio caminhar em postura arcada, é um desencadeador de dores nas costas. Ainda, para mulheres que gostam e usam salto alto com frequência, essa peça também prejudica as costas a longo prazo.

Por isso, ao ficar na cadeira por muito tempo, levante-se, pelo menos a cada 30 minutos, para caminhar e esticar o corpo. Alongar-se é um ótimo meio de prevenir as dores e ainda manter a flexibilidade.

No caso das mulheres, usar saltos mais baixos, mudar os sapatos diariamente além de não caminhar o dia todo com eles, ajuda na prevenção de lesões nas costas.

5. Obesidade e sobrepeso

O sobrepeso e, principalmente, a obesidade trazem inúmeros riscos de lesões nas costas, porque o excesso de peso que a coluna sustenta, é acima do que suporta.

Joelhos e pernas também são “reclamam” nesses casos de saúde, além de dores que, de tão intensas, até imobilizam a pessoa. Em ambas situações, o melhor a se fazer é buscar apoio médico para perder peso de forma saudável e restabelecer o corpo — que tem seus limites.

Se você não sabe, o peso excedente também atrapalha a qualidade do sono, e aumenta o risco da apneia.

6. Carregar peso

Pegar ou carregar peso frequentemente pode trazer muitas dores nas costas. E os pesos extras que o seu corpo reclama em forma de dor vão desde “puxar ferro” na academia, excessivamente e de maneira errada, a ficar com o filho no colo o dia todo.

Ainda, um problemão que muitas vezes você traz para a sua saúde física é carregar nas costas ou no ombro, mochilas e bolsas pesadas, para cima e para baixo no dia a dia.

7. Hérnia de disco

A hérnia de disco é um problema decorrente de diversos fatores, entre eles carregar pesos com frequência por anos, e a genética. Esse contratempo acontece quando um disco entre as vértebras da coluna sai de sua posição normal. Com isso, nervos que ficam próximos de onde o disco saiu, inflamam, gerando a dor nas costas.

Esse é um quadro clínico que pode aparecer e sumir dentro de algumas semanas, ou mesmo se perdurar, sendo crônico. Em ambos os casos, é preciso fazer consultas ao médico e adotar um novo estilo de vida que preserve a saúde física, que impacta na saúde mental, gerando estresse e irritação.

8. Dormir mal

Dormir mal quer dizer que a qualidade geral do sono está degradada por diversos motivos, entre eles, a má postura durante o sono. Se você ainda não sabe, há as melhores e as piores posições para dormir, sendo estas as que trazem as dores pelo corpo, além de uma noite em claro.

Do outro lado, há posturas para dormir que preservam o seu corpo, evitando dores nas costas, braços, pescoço e, principalmente, garantindo um sono profundo. Muito importante, já que o sono repara o seu corpo e relaxa a mente.

Ainda, um item de casa que pode ditar se você vai dormir bem ou mal, é o colchão que você usa. Colchões que são moles demais ou duros demais, podem trazer consequências nas suas costas. Por isso, atente-se a usar um produto testado e com garantia para preservar o seu corpo.

Veja avaliações de clientes que investiram em um colchão Guldi para acabar com a dor nas costas

“Ótimo colchão, reduziu muito minhas dores nas costas. Custo x benefício também muito bom.” Matheus Morsh, cliente Guldi (14/09/19)

“Tenho fibromialgia, problemas na coluna e joelhos. Por muito tempo procurei um colchão ideal, que não me deixasse com mais dor. Encontrei esse colchão Guldi, acreditei na propaganda de que poderia devolver, caso não gostasse. Mas percebi no primeiro dia, que era o colchão ideal! Maravilhoso! Fiquei apaixonada! O problema é sair dele agora.” Giselia Cavalcante, cliente Guldi (26/09/19)

“Tem mais ou menos uma semana que meu Guldi chegou. Que delícia de colchão, não tenho mais dores de coluna, acordo mais disposta. Ele é bem alto, um tecido gostoso, fresquinho. Escolhi o modelo firme e ele não é duro como outros que já tive de outras marcas, ele é firme mais ao mesmo tempo macio, não fica afundando. É muito legal na hora de abrir e ver ele crescendo. Simplesmente maravilhoso, o único problema agora é que não da mais vontade de sair da cama kkkkk
Eu só acho que todo mundo tem que ter um Guldinho pra chamar de seu!
” Raquel Araújo, cliente Guldi (24/09/19)

9. Sedentarismo

O sedentarismo está ligado a diversos problemas crônicos de saúde e é motivo de alerta para a saúde de qualquer pessoa que queria viver sem dor pelo corpo.

Ficar o dia todo sentado, não praticar atividades físicas e, ainda chegar no final de semana e ficar assistindo a Netflix, no sofá, não é bom para sua saúde. A diversão não compensa e se transforma, em pouco tempo, em dor nas costas, além de aumentar o risco para outros problemas, como diabetes e AVCs.

10. Osteoartrite

A osteoartrite é um problema crônico que deteriora gradativamente as cartilagens que ficam entre as vértebras. Sem essa proteção natural do corpo para os ossos se movimentarem, eles raspam uns nos outros, causando dores, além de lesões.

Ir a um ortopedista buscar tratamento é essencial para tratar deste tipo de problema. Caso o quadro seja constatado, é preciso fazer fisioterapia e tomar medicamentos constantemente.

Nada melhor do que garantir o seu corpo sempre saudável, seja para além de dormir melhor, manter suas atividades e dia a dia sem contratempos físicos. Ainda, dor nas costas não tem idade para aparecer, por isso é essencial fazer de tudo um pouco, sempre, para manter a sua coluna inteira por muitos anos.


Se inscreva na nossa Newsletter. Deixe seu email e não perca mais nenhuma dica de sono!




Deixe um Comentário

WhatsApp Fale pelo WhatsApp